Enfermidades Bacerianas de Peixes

  • Eduardo Makoto Onaka

Resumen

Os notáveis êxitos obtidos na aqüicultura, tanto em países desenvolvidos como em países em via de desenvolvimento, tem demonstrado a grande importância das enfermidades das espécies cultivadas, muito mais relevante quando se trata de enfermidades infecciosas (Ceccarelli, 2002).

Estas enfermidades são um fator de singular importância, e que limita consideravelmente o potencial produtivo e a rentabilidade comercial da aqüicultura.

As bactérias são caracterizadas como microorganismos microscópicos que vivem e crescem naturalmente em todos os ambientes. Algumas delas desempenham papel importante no ciclo de nutrientes em todos os ecossistemas. Outras são encarregadas da produção de compostos necessários aos animais e as que serão mencionadas neste capítulo causam enfermidades em plantas e animais (Lasee, 1995).

Em um ecossistema balanceado, as bactérias e os animais (incluindo os peixes) podem viver em equilíbrio harmônico (Odum, 1988), o que geralmente não ocorre em um viveiro de piscicultura.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Sección
Artículos